PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Rússia ratifica perdão de 90% da dívida de Cuba com a extinta URSS

04/07/2014 14h31

Moscou, 4 jul (EFE).- O Parlamento russo ratificou nesta sexta-feira um acordo bilateral entre Moscou e Havana pelo qual a Rússia perdoa 90% da dívida de Cuba com a extinta União Soviética.

Dessa forma, Moscou poupa do pagamento de US$ 31,7 bilhões seu parceiro caribenho, com o qual mantém uma histórica relação desde a Revolução Cubana.

O resto da dívida, cifrada em US$ 3,5 bilhões, deverá ser paga pr Havana em 20 prazos durante os próximos dez anos.

O governo cubano depositará o dinheiro em uma conta aberta por uma entidade financeira pública russa no Banco Nacional de Cuba com a condição de que a Rússia só poderá dispor deste para investimentos em território da ilha.

A ratificação do convênio - votada a uma semana que o presidente russo, Vladimir Putin, visite Havana no transcurso de sua viagem pela América Latina- fecha uma dura negociação que durou duas décadas e que cristalizou em um convênio assinado em outubro de 2013, informaram as agências russas.

Havana será a primeira parada do chefe do Kremlin em uma viagem durante a qual também visitará Argentina e Brasil, onde assistirá à final da Copa do Mundo.

Economia