PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

França proibirá aplicativo Uber a partir de 2015

15/12/2014 09h48

Paris, 15 dez (EFE).- O Ministério do Interior da França anunciou nesta segunda-feira que a partir de 2015 proibirá o uso no país do aplicativo Uber, que permite contratar motoristas para viagens curtas por meio do celular.

O anúncio foi feito no mesmo dia em que taxistas protestaram em Paris contra a "concorrência desleal" do Uber.

"A lei votada sobre a regulamentação da profissão de taxistas e dos carros de turismo com motorista, que entrará em vigor em 1º de janeiro, é ainda mais exigente para esse tipo de empresa", disse o porta-voz do ministério, Pierre-Henry Brandet.

A pena pelo exercício irregular da profissão pode chegar a 300 mil euros de multa e dois anos de prisão.

"Não é apenas ilegal fornecer o serviço, para o consumidor existe um verdadeiro perigo", acrescentou Brandet sobre a falta de seguro por parte dos motoristas.

No entanto, um representante dos manifestantes, Ibrahima Sylla, afirmou que os taxistas só ficarão tranquilos quando a lei seja colocada no papel.

Desde às 5h locais (2h de Brasília), dezenas de táxis se concentraram em locais como os aeroportos de Orly e Charles de Gaulle, em Paris, para protestar e causar engarrafamentos.

O serviço do aplicativo Uber já foi proibido em vários pontos dos Estados Unidos e em países como Bélgica, Espanha, Holanda e Tailândia. EF

jaf/dk

(foto)

PUBLICIDADE