Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,49%

Nova York, 4 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em alta de 0,49% em uma jornada de grande volatilidade na qual os investidores mais uma vez estiveram atentos à gangorra dos preços do petróleo, que hoje caíram.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 79,92 pontos, para 16.416,58. O seletivo S&P 500 subiu 0,15%, para 1.915,45, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,12% e fechou aos 4.509,56.

O barril do Texas, de referência nos Estados Unidos, caiu hoje 1,73%, para US$ 31,72, e o do Brent, padrão na Europa, se desvalorizou 1,91%, para US$ 34,37.

Além disso, nos Estados Unidos foi divulgado um dado pior que o esperado sobre o mercado de trabalho: os pedidos de seguro desemprego subiram na semana passada em 8 mil, acima do previsto pelos analistas.

Agora, todos os olhares estão voltados ao relatório oficial de empregos correspondente a janeiro, que será anunciado amanhã pelo Departamento de Trabalho. Em dezembro, o indicador ficou estável em 5%.

Dois terços dos 30 componentes do Dow Jones fecharam em alta, sendo as mais significativas as dos títulos de Caterpillar (4.24%), United Technologies (2,51%), Goldman Sachs (2,5%), IBM (2,35%), Cisco Systems (1,9%), General Electric (1,78%), JPMorgan (1,72%) e Exxon Mobil (1,69%). As quedas mais acentuadas foram de Nike (-3,71%), Merck (-2,92%), Pfizer (-2,19%), Home Depot (-2,16%), Visa (-0,93%), McDonald's (-0,67%), Procter & Gamble (-0,49%), Coca-Cola (-0,44%), Verizon (-0,38%) e Microsoft (-0,31%).

No fechamento do pregão, o preço do ouro subia para US$ 1.156 a onça, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos caía para 1,854%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos