Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,62%

Nova York, 10 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,62%, enquanto o índice composto do mercado Nasdaq subiu 0,35%.

Ao final do pregão, o principal índice da Bolsa de Nova York perdeu 99,58 pontos, para 15.914,80. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,02%, até 1.851,85, enquanto o índice composto da Nasdaq ganhou 14,83 pontos até 4.283,59.

Os operadores de Wall Street voltaram a protagonizar uma sessão volátil na qual, até na última hora de contratações, apostaram nos avanços depois que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) rebaixou as expectativas sobre a próxima alta das taxas de juros.

No entanto, os lucros começaram a se diluir na reta final da jornada em dois de seus principais indicadores, entre outros motivos por uma nova queda do preço do petróleo na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex).

A presidente do Fed, Janet Yellen, disse hoje no Capitólio que as condições financeiras "são menos favorecedoras" e que a volatilidade chinesa aumentou a incerteza, palavras que afastam no horizonte a segunda alta de taxas de juros.

O Federal Reserve realizará sua próxima reunião sobre política monetária em março, depois da histórica alta de juros de dezembro, a primeira em quase uma década, que deixou a taxa de referência entre 0,25% e 0,5%.

Em dezembro, o Fed apontou para quatro possíveis altas de taxas de juros este ano e a presidente do banco central americano reforçou que estes aumentos acontecerão de maneira gradual e de acordo com os dados econômicos.

Os setores fecharam divididos entre as quedas do de telecomunicações (-0,59%), do de matérias-primas (-0,44%), do energético (-0,4%), do industrial (-0,14%) e do financeiro (-0,07%), e os avanços do sanitário (0,77%) e do tecnológico (0,1%).

O grupo Disney (-3,79%) liderou as perdas no Dow Jones, seguido por IBM (-3,14%), Caterpillar (-2,8%), Intel (-2,01%), Coca-Cola (-1,73%), Dupont (-1,35%), Procter & Gamble (-1,23%), Boeing (-1,21%), JP Morgan (-1,21%) e Exxon Mobil (-0,9%).

Do outro lado, as altas foram puxadas pela Nike (3,09%), na frente de Visa (2,58%) Unitedhealth (1,42%), Pfizer (1,37%), Microsoft (0,87%), Merck (0,77%), McDonald's (0,45%), Home Depot (0,41%), Chevron (0,14%) e General Electric (0,04%).

Em outros mercados, o ouro caía para US$ 1.196,1 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos recuava até 1,682%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos