PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Cazaques fazem longas filas para comer no 1ª McDonald's do país

08/03/2016 15h32

Astana, 8 mar (EFE).- Centenas de cazaques resistiram às congelantes temperaturas e formaram longas filas em Astana nesta terça-feira para conseguir fazer seu pedido no primeiro McDonald's a ser inaugurado no Cazaquistão.

Compareceram à abertura o proprietário do restaurante, o empresário Kairat Boranbaev, e o prefeito da capital, Adilbek Dzhaksybekov, que recusou o convite de provar o Big Mac oferecido pelo estabelecimento.

O primeiro McDonald's cazaque tem 863 metros quadrados, está situado no centro da cidade e tem capacidade para 206 clientes. A expectativa é que o segundo estabelecimento da rede de fast-food abra ainda neste ano, e que durante os próximos cinco sejam inaugurados outros 15.

Os preços no restaurante oscilam entre US$ 0,70 (R$ 2,65) e US$ 4,20 (R$ 15,88). Um Big Mac custa US$ 2,30 (R$ 8,70).

O primeiro McDonald's cazaque abriu suas portas após a visita de ontem feita pelo presidente do país, Nursultan Nazarbayev. O governo espera que a marca inspire confiança aos investidores no Cazaquistão.

"Antes de se aventurar em um novo mercado, os investidores exploram as grandes marcas mundiais que apostam no Cazaquistão, e o McDonald's está nessa lista. Assim, os investidores poderão sentir o potencial do nosso mercado, o poder aquisitivo de nossos cidadãos e a situação econômica do nosso país", declarou Dauren Abaev, chefe de imprensa de Nazarbayev durante a visita do presidente.

De acordo com Abaev, o McDonald's gerará 20 mil postos de trabalho e contribuirá para a economia cazaque, já que "70% a 80% dos produtos serão abastecidos com fornecedores locais".