PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Dow Jones fecha praticamente estável

10/03/2016 19h38

Nova York, 10 mar (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em leve baixa de 0,03%, em um pregão volátil marcado por novas quedas nos preços do petróleo e por novos estímulos monetários na zona do euro.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 5,23 pontos, para 16.995,13. O índice composto da Nasdaq caiu 0,26%, para 4.662,16 pontos, e o seletivo S&P 500 subiu 0,02% e fechou aos 1.989,57.

O pregão começou com os investidores de bom humor depois das novas medidas anunciadas pelo presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, para estimular o crédito na zona do euro e evitar a deflação.

O BCE decidiu diminuir os juros de cinco pontos básicos para seu mínimo histórico, 0%, e anunciou a intenção de ampliar a lista de ativos que compra mensalmente.

Porém, as expectativas pela reunião de 20 de março entre países da Opep e outros grandes produtores de petróleo para debater o congelamento da produção se diluíram, e o "ouro negro" terminou o dia com quedas nas principais cotações: o barril do Texas caiu 1,18%, para US$ 37,84, e o do Brent recuou 1,95%, para US$ 40,15.

No Dow Jones, as quedas mais acentuadas foram dos títulos de Dupont (-2,03%), Microsoft (-1,5%), JPMorgan Chase (-0,85%), Cisco Systems (-0,83%), Procter & Gamble (-0,83%), Caterpillar (-0,67%), Visa (-0,66%) e Walt Disney (-0,63%). As altas mais expressivas foram de Merck (1,36%), Intel (1,25%), Chevron (1,21%), Coca-Cola (1%), Nike (0,98%), Unitedhealth (0,82%), Goldman Sachs (0,74%) e McDonald's (0,36%).

No momento do fechamento do pregão, o preço do ouro subia para US$ 1.272,30 a onça, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos subia para 1,931%.