PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Senado da Califórnia (EUA) decide elevar a 21 anos a idade para fumar

10/03/2016 17h10

Los Angeles, 10 mar (EFE).- O Senado da Califórnia, nos Estados Unidos, aprovou nesta quinta-feira a elevação de 18 a 21 anos da idade legal para poder fumar como parte de um conjunto de medidas legislativas que também regulará os cigarros eletrônicos, informou o jornal "Los Angeles Times".

Após a aprovação pelos senadores, o projeto de lei fica pendente da assinatura final do governador da Califórnia, o democrata Jerry Brown.

Se finalmente receber sinal verde, a Califórnia se uniria ao Havaí, que também pôs o limite nos 21 anos, para se transformar nos dois estados de todo os EUA com a idade requerida para fumar mais elevada.

Este novo pacote de medidas sobre o tabaco foi aprovado apesar da rejeição da maioria de legisladores republicanos.

O senador democrata Ed Hernández, que foi impulsor da iniciativa para elevar a idade para fumar, afirmou hoje que a medida salvará vidas porque fará com que menos adolescentes comecem a consumir tabaco.

Hernández assegurou, além disso, que a "feroz" oposição da indústria do tabaco a este projeto de lei mostra que seu modelo de negócio se baseia em "promover e vender este veneno a nossas crianças".

Além disso, a regulação californiana sobre os cigarros eletrônicos proibirá seu uso em restaurantes, teatros, cinemas e outros lugares públicos onde o tabaco tradicional já estava vetado. EFE

dvp/rsd