PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Dow Jones fecha praticamente estável

24/03/2016 17h51

Nova York, 24 mar (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em leve alta de 0,08%, após uma jornada marcada outra vez mais pela evolução do preço do petróleo.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Valores de Nova York somou 13,14 pontos, para 17.515,73. Já o seletivo S&P caiu 0,04%, até 2.035,94, enquanto o índice composto da Nasdaq subiu 0,1%, aos 4.773,50.

Os operadores do pregão nova-iorquino apostaram nas vendas durante a maior parte do dia, arrastados por uma queda do preço do petróleo nos mercados internacionais, mas na reta final reverteram as perdas e dois de seus indicadores fecharam em terreno verde.

Os contratos futuros do petróleo caíram com força durante grande parte do dia, tanto em Nova York como em Londres, mas no final recuperaram quase todo o terreno perdido após o anúncio de uma queda do número de poços ativos nos Estados Unidos na semana passada.

O barril do Texas, que chegou a cotar abaixo de US$ 39 durante o dia, fechou com um descenso de 0,8%, a US$ 39,46, enquanto o Brent terminou com um retrocesso mínimo de 0,07%, a US$ 40,44.

Os setores em Wall Street fecharam divididos entre os avanços do de telecomunicações (0,73%), do energético (0,35%), do de matérias-primas (0,32%) e do tecnológico (0,18%); e os descensos do financeiro (-0,73%) e do sanitário (-0,16%).

A Caterpillar (2,19%) liderou os lucros no Dow Jones, na frente de IBM (1,75%), Chevron (1,36%), Verizon (1,23%), Wal-Mart (0,79%), Cisco Systems (0,47%), Microsoft (0,44%), Visa (0,41%), Walt Disney (0,4%) e Dupont (0,31%).

Do outro lado, a Nike (-1,27%) puxou as perdas, seguida por Unitedhealth (-0,92%), JP Morgan (-0,78%), McDonald's (-0,72%), Goldman Sachs (-0,7%), Boeing (-0,56%), Apple (-0,43%), Travelers (-0,42%), Intel (-0,38%) e Pfizer (-0,36%).

Em outros mercados, o ouro caía para US$ 1.218,9 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos avançava até 1,901%.