Dow Jones fecha em baixa de 1,02%

Nova York, 17 mai (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em baixa de 1,02%, apesar da alta dos preços do petróleo, mas sob influência de dois dados macroeconômicos negativos na esconomia dos Estados Unidos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 180,73 pontos, para 17.529,98. O seletivo S&P 500 caiu 0,94%, para 2.047,21 pontos, e o índice composto da Nasdaq recuou 1,25% e fechou aos 4.715,73.

O índice de preços ao consumidor nos EUA aumentou 0,4% em abril, fazendo com que a inflação acumulada nos últimos 12 meses chegasse a 1,1%, embora os analistas tivessem antecipado uma alta de 0,3%.

Também foi informado hoje que o ritmo de construção de imóveis no país aumentou 6,6% em abril, alcançando uma taxa anual de 1,17 milhão de unidades, um número que, no entanto, é 1,7% inferior ao do mesmo mês em 2015.

Por outro lado, como boa notícia, a produção industrial cresceu 0,7% no mesmo mês, acima das previsões e após ter caído 0,9% em março, segundo o Federal Reserve (Fed).

Em relação aos preços do petróleo, o barril do Texas (WTI) subiu 1,24%, para US$ 48,31, e o do Brent avançou 0,69%, para US$ 49,31.

No Dow Jones, as quedas mais acentuadas foram dos títulos de Home Depot (-2,47%), American Express (-2,04%), Coca-Cola (-1,91%), Microsoft (-1,87%), United Technologies (-1,73%), Travelers (-1,62%) e McDonald's (-1,5%). As únicas altas foram das ações de Caterpillar (0,5%) e Dupont (0,3%).

No momento do fechamento do pregão, a onça do ouro subia para US$ 1.280,40, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos caía para 1,764%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos