Bolsas

Câmbio

Defeito no hangar móvel adia decolagem do avião Solar Impulse II

Genebra, 24 mai (EFE).- A decolagem do avião Solar Impulse II foi adiada nesta terça-feira após ser detectado um pequeno defeito no sistema que mantém inflado seu hangar móvel, segundo comunicado divulgado pela equipe responsável pelo projeto.

O avião, propulsado exclusivamente com a energia captada do sol, devia decolar de Dayton (EUA) em direção à área da Pensilvânia para aterrissar no aeroporto do Vale de Lehigh, com o objetivo de completar mais um trecho em sua volta ao mundo.

Os engenheiros que realizaram as primeiras revisões não encontraram nenhum dano, mas os organizadores do projeto decidiram que o aparelho será submetido a análises mais completas nos próximos dias.

"A segurança e a limitação do risco é da maior importância para nós e por isso queremos ter certeza de que as estruturas que foram afetadas estão funcionando perfeitamente", afirmou a equipe.

A volta ao mundo do avião começou em março de 2015, em Abu Dhabi, com escalas iniciais em Omã, Mianmar e China.

Após essa primeira etapa, o Solar Impulse esteve parado por 293 dias no Havaí a fim de recarregar e reparar suas baterias, que tinham sofrido danos por um problema de reaquecimento.

Além disso, a equipe teve que esperar as condições meteorológicas ideais para voltar a decolar e atravessar a rota do Pacífico desde o Havaí até o continente americano, depois do qual voará para a Europa, o norte da África e de novo Abu Dhabi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos