Bolsas

Câmbio

Polícia revista sede do Google na França por suspeitas de fraude

(Atualiza com comunicado da Promotoria)

Paris, 24 mai (EFE).- A Polícia francesa efetua nesta terça-feira uma revista na sede do Google em Paris no marco de uma investigação aberta por suposta fraude fiscal, anunciou a Promotoria financeira.

A operação, segundo seu comunicado, é fruto de uma denúncia apresentada pela administração fiscal francesa por possível evasão.

A investigação examina se o Google Irlanda, país onde a firma americana tem sua sede na Europa, "dispõe de um estabelecimento estável na França e se, ao não declarar uma parte de sua atividade efetuada em território francês, faltou a suas obrigações fiscais".

A Promotoria tem posto seu foco principalmente nos pagamentos do imposto sobre sociedades e no IVA.

A companhia informática, segundo essa nota, enfrenta as acusações de "fraude fiscal agravada e lavagem de fraude fiscal agravada em grupo organizada".

A revista, segundo essa fonte, começou às 5h local (0h, em Brasília) e contou também com a presença de cinco magistrados da Promotoria financeira.

Vários funcionários da Fazenda e agentes da Brigada de Repressão da Grande Delinquência Financeira (BRGDF) também foram à sede da companhia americana na capital francesa, próximo às conhecidas galerias comerciais Lafayette.

A operação, segundo uma fonte não identificada citada pelo "Le Parisien", havia sido realizada até agora com máximo sigilo, para evitar possíveis filtragens.

O presidente da França, François Hollande, sublinhou em diversas ocasiões que as estratégias de otimização fiscal dos gigantes de internet são "inaceitáveis".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos