Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,2%

Nova York, 15 jun (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,2%, sua quinta queda consecutiva, depois que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) anunciou que manteve as taxas de juros de referência nos Estados Unidos.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 34,65 pontos, para 17.640,17. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,18%, até 2.071,50, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 0,18%, aos 4.834,93.

Os três indicadores do pregão nova-iorquino registraram avanços durante a maior parte do dia à espera do final da reunião sobre política monetária do Fed e de que sua presidente, Janet Yellen, falasse sobre as perspectivas econômicas do país.

Minutos após anunciar que as taxas de juros seguirão sem mudanças, os operadores das bolsas de valores seguiram apostando nas compras, mas na reta final se desvaneceram os avanços e os três indicadores terminaram em terreno negativo.

Yellen admitiu que um dos motivos para não subir ainda as taxas de juros é a incerteza em torno do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia e as "grandes consequências" que o chamado Brexit poderia acarretar.

No final os setores terminaram divididos entre os descensos do sanitário (-0,51%), o tecnológico (-0,09%) e o energético (-0,03%), e os avanços do de matérias-primas (1,32%), o financeiro (0,06%) e o industrial (0,01%).

Mais de dois terços dos 30 componentes do Dow Jones fecharam com perdas, puxadas por Intel (-1,65%), Cisco Systems (-1,07%), (-0,66%), Johnson & Johnson (-0,65%), United Technologies (-0,64%), Chevron (-0,59%) e Pfizer (-0,57%).

Por outro lado, os avanços foram liderados pela Home Depot (1,03%), na frente de American Express (0,57%), General Electric (0,46%), Nike (0,35%), Caterpillar (0,28%), Wal-Mart (0,24%), 3M (0,11%) e Unitedhealth (0,01%).

Em outros mercados, o ouro subia para US$ 1.296,7 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos recuava até 1,575%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos