Bolsas

Câmbio

Embarcação chinesa inicia travessia inaugural da ampliação do Canal do Panamá

Cidade do Panamá, 26 jun (EFE).- A embarcação chinesa Cosco Shipping Panama iniciou neste domingo a travessia inaugural após a ampliação do Canal do Panamá pela eclusa de embarque de Agua Clara, na vertente do Atlântico.

O navio, um new panamax de 48,25 metros de altura e 299,98 metros de comprimento, com capacidade para transportar até 9,4 mil contêineres, entrou na eclusa de embarque de Agua Clara depois das 7h30 locais (9h30 de Brasília).

A embarcação foi amarrada com cordas gigantescas para mantê-la controlada enquanto a câmara baixa é preenchida com milhões de litros de água para elevá-la a nove metros e permitir sua passagem para a câmera média.

O Cosco Shipping Panama passará pela eclusa de embarque de Agua Clara para depois seguir rumo à de Cocolí, no Pacífico, aonde chegará durante a tarde e finalizará sua travessia pelo canal, de cerca de 80 quilômetros.

As novas de eclusas de embarque, com dimensões de 427 metros de comprimento por 55 metros de largura e 18,3 metros de profundidade, necessitaram de um total de 4,4 milhões de metros cúbicos de concreto e de 30 mil trabalhadores ao longo de quase nove anos para serem concluídas.

Elas foram construídas pelo Grupo Unidos pelo Canal (GUPC), liderado pela empresa espanhola Sacyr, que assinou um contrato de US$ 3,118 bilhões em 2009, mas que apresentou exigências econômicas que elevaram o valor do mesmo para aproximadamente US$ 3,4 bilhões.

O custo da ampliação global chega a US$ 5,450 bilhões, acima dos US$ 5,250 bilhões orçados em 2007.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos