Bolsas

Câmbio

Famílias afetadas por vazamento de óleo recebem ajuda humanitária no Peru

Lima, 4 jul (EFE).- As autoridades de Loreto, na região amazônica do Peru, realizaram na segunda-feira ajuda humanitária a mais de 400 famílias afetadas pelo vazamento de petróleo ocorrido no dia 24 de junho, por causa de incidente no Oleoduto Norperuano.

Um relatório do Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci) indicou que a Rede de Saúde da província de Datem del Marañón entregou vasilhas e pastilhas para tratamento de água aos feridos, que pertencem ao município de Barranca.

A Autoridade Nacional de Água (ANA) rastreou a qualidade das águas de superfície na área para determinar seu grau de envolvimento.

A Unidade de Gestão Educativa Local (UGEL) de Datem del Marañón, geriu com a Direção Regional de Educação de Loreto a entrega de material pedagógico de emergência para os estudantes das escolas afetadas.

O vazamento aconteceu há onze dias na altura do quilômetro 231 do oleoduto por causa de uma ruptura na tubulação, que trouxe à superfície cerca de 600 barris, mesmo que nesse ponto o oleoduto esteja enterrado a 2,2 metros de profundidade.

O Oleoduto Norperuano, operando desde 1977, carrega o óleo extraído na floresta peruana até o terminal portuário de Bayovar, no Oceano Pacífico, ao longo de uma rota de 854 quilômetros de tubulações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos