Standard & Poor ameaça diminuir qualificação de crédito da Austrália

Sydney (Austrália), 7 jul (EFE).- A agência de qualificação Standard & Poor (S&P) ameaçou diminuir a qualificação de crédito da Austrália, atualmente na máxima AAA, devido ao déficit fiscal e a incerteza política, afirmou nesta quinta-feira a imprensa local.

Standard & Poor, é a primeira das grandes agências de avaliação de crédito que toma uma medida adversa contra a situação da Austrália, colocando em observação sua qualificação nos mercados internacionais, segundo a emissora "ABC".

A S&P disse em comunicado que existe uma alta probabilidade que rebaixem a nota de crédito se nos próximos dois anos o Parlamento não aprovar "medidas de poupança ou de geração de receita suficientes para reduzir o déficit fiscal para equilibrá-lo no início de 2020".

A agência também afirmou que a decisão "reflete nossa visão de desempenho orçamental foi enfraquecido por causa dos recentes resultados eleitorais".

A Austrália realizou as eleições gerais no último sábado sem ter ainda um vencedor e com a possibilidade de que o governo seja formado em minoria, que é especulado será, através de uma aliança da coalizão de governo do primeiro-ministro, Malcolm Turnbull, com partidos minoritários ou independente.

Segundo dados preliminares, a Comissão Eleitoral Australiana atribui 74 cadeiras para a coalizão governista, 71 ao opositor Partido Trabalhista e cinco para as formações minoritárias e independentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos