Bolsas

Câmbio

Grupo propõe no Congresso dos EUA lei que bloqueia voos diretos a Cuba

Washington, 13 jul (EFE).- Um grupo de congressistas apresentou nesta semana no Congresso dos EUA um projeto de lei que bloqueia os voos diretos do país a Cuba até que as autoridades aeroportuárias americanas certifiquem que os aeroportos cubanos cumprem com as medidas de segurança necessárias.

O texto, sob o nome de Lei de Segurança Aeroportuária Cubana, foi impulsionado pelo legislador republicano por Nova York e presidente da subcomissão de Segurança Nacional de Transporte da câmara Baixa, John Katko, segundo detalha hoje o site do congressista.

O projeto pausaria de maneira efetiva "todos os voos comerciais entre Estados Unidos e Cuba até que a Administração de Segurança do Transporte (TSA) certifique que os aeroportos cubanos têm as medidas de segurança apropriadas para proteger os viajantes americanos".

Há cerca de duas semanas, Katko e um grupo bipartidário de membros do Comitê de Segurança Nacional da Câmara dos Representantes tiveram o visto negado para uma visita programada a Cuba na qual pretendiam examinar as medidas de segurança nos aeroportos cubanos.

"Ainda tenho sérias preocupações sobre a capacidade das equipes de controle dos aeroportos de Cuba e seus procedimentos, sobre como os trabalhadores dos aeroportos cubanos são investigados", disse o legislador ao apresentar o projeto.

Junto a Katko, apoiaram o projeto o presidente do Comitê de Segurança Nacional, o republicano pelo Texas Michael McCaul, o também republicano pela Carolina do Norte Richard Hudson e o congressista democrata pelo Texas Henry Cuellar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos