Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em alta de 0,29%, e S&P 500 estabelece recorde

Nova York, 22 jul (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em alta de 0,29%, e o seletivo S&P 500 estabeleceu um novo recorde, recuperando a tendência da semana passada, desta vez com o mercado estimulado por resultados empresariais melhores do que o esperado.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York somou 53,62 pontos, para 18.570,85. Já o S&P 500 subiu 0,46%, até 2.175,03 pontos.

Com os resultados de hoje, o S&P 500 termina com dois pontos sobre a marca histórica mais recente, registrada no fechamento da quarta-feira passada, enquanto o Dow Jones ficou a 25 pontos do recorde que tinha alcançado no mesmo dia.

Por sua parte, o índice composto da Nasdaq, no qual cotam os principais grupos tecnológicos, avançou 0,52%, para 5.100,16 pontos, a pouco mais de 100 do recorde que anotou em 20 de julho do ano passado.

As altas de hoje representam a recuperação da tendência que se tinha acumulado até quarta-feira, com vários recordes anotados pelo Dow Jones e pelo S&P 500 e que teve um parêntese nas operações da quinta-feira.

Os analistas atribuíram o lucro de hoje à resposta do mercado a um novo rodízio de resultados publicados nas últimas horas, a mesma razão que justificou os avanços dos últimos dias, com exceção de quinta-feira.

Hoje o impulso aos mercados foi dado por empresas como a American Airlines, o principal grupo de aviação dos Estados Unidos, que terminou o dia com uma alta de 4%.

No entanto, também impactou hoje em sentido contrário o grupo General Electric, que divulgou resultados trimestrais abaixo do que esperavam os analistas, no meio da grave crise que essa companhia sofre há mais de um ano.

No fechamento de hoje só um setor terminou em terreno negativo, o de materiais básicos (-0,05%), enquanto as altas foram lideradas pelo setor de empresas de serviços públicos (0,95%), o de bens de consumo não cíclico (0,94%) e o de telecomunicações (0,91%).

Entre os 30 títulos que cotam no Dow Jones, as altas foram puxadas pela Visa (1,42%), na frente de Microsoft (1,38%) e American Express (1,34%).

Do outro lado, a maior perda foi da General Electric, com um descenso de 1,62%, seguida por Caterpillar (-0,79%) e Apple (-0,77%).

Em outros mercados, a onça do ouro caía para US$ 1.323,8, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos subia até 1,5663%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos