Bolsas

Câmbio

Banco do Japão amplia programa flexibilizador perante os efeitos do "Brexit"

Tóquio, 29 jul (EFE).- O Banco do Japão (Boj) anunciou nesta sexta-feira, ao término de sua reunião mensal de dois dias, uma ampliação de seu programa de flexibilização em grande escala para resistir os efeitos negativos do "Brexit" sobre a economia japonesa.

A entidade explicou em comunicado que aumentará o ritmo anual ao que adquire fundos cotados a partir dos 3,3 trilhões de ienes (US$ 31,943 bilhões) para 6 trilhões de ienes (US$ 57,986 bilhões).

Também explicou que o dobro do volume de seu programa de empréstimos em dólares para empresas japonesas no exterior dos US$ 12 bilhões atuais para US$ 24 bilhões.

Com estas medidas para melhorar as fluxos de crédito, o Boj pretende complementar seu programa de compra de ativos implementado desde a primavera de 2013 com o objetivo de terminar com um ciclo deflacionário que dura quase duas décadas.

A reunião de política monetária deste mês se produziu em um contexto de grandes expectativas depois de o governo japonês ter criado um pacote de estímulo fiscal de mais de 28 bilhões de ienes (cerca de US$ 270 milhões) para fazer frente ao panorama que deixa a saída de Reino Unido da União Europeia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos