Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,18%

Nova York, 14 set (EFE).- O índice Dow Jones fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,18%, influenciado por uma nova queda dos preços do petróleo.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 31,98 pontos, para 18.034,77. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,06%, até 2.125,77, enquanto o índice composto da Nasdaq subiu 0,36% e fechou aos 5.173,77.

Os operadores do pregão nova-iorquino protagonizaram uma sessão volátil na qual os olhares estiveram focados no preço do petróleo, que acumula em dois dias um forte queda de quase 6%, e no bom desempenho da Apple.

O barril do Texas, de referência nos Estados Unidos, fechou o dia com um forte retrocesso de 2,94%, aos US$ 43,58, enquanto o Brent, de referência na Europa e outros mercados, caiu 2,44%, para US$ 45,95.

Os analistas consideraram essa queda nos preços uma reação a um aumento semanal no nível de reservas de derivados de petróleo nos Estados Unidos.

Os investidores também estiveram atentos à Monsanto, cujas ações subiram 0,62% após a confirmação que a Bayer fechou um acordo para comprar a empresa por US$ 66 bilhões, criando a maior companhia de sementes e adubos do mundo.

Os setores em Wall Street fecharam divididos entre as quedas do energético (-0,94%), do financeiro (-0,34%) e do industrial (-0,17%), e os avanços do tecnológico (0,52%) e do de matérias-primas (0,37%).

A American Express (-1,37%) puxou as perdas entre mais de dois terços dos 30 componentes do Dow Jones, seguida por IBM (-1,13%), Chevron (-1,02%), Boeing (-0,85%), Merck (-0,73%), Exxon Mobil (-0,72%) e United Technologies (-0,66%).

Do outro lado, as altas foram lideradas pela Apple (3,54%), na frente de Caterpillar (0,98%), Home Depot (0,47%), McDonald's (0,4%), Johnson & Johnson (0,2%), Wal-Mart (0,07%), Verizon (0,06%) e Intel (0,03%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.326,2, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos caía até 1,695%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos