Após 48 horas de fila, iPhone 7 começa a ser vendido na Austrália

Sydney (Austrália), 16 set (EFE).- O iPhone 7 já começou a ser vendido nesta sexta-feira (data local) na Austrália, um dos primeiros países do mundo a comercializar o novo dispositivo da Apple e onde cerca de 200 pessoas aguardaram durante 48 horas na fila em Sydney.

A empresa já havia anunciado que o iPhone 7 Plus e o iPhone 7 na cor Jet Black não estariam disponíveis em seus estabelecimentos porque as reservas iniciais se esgotaram pelas compras no site oficial.

O anúncio contrariou alguns australianos como Marcus Barsoum, que esperava adquirir o iPhone 7 Plus e estava desde a manhã de quarta-feira, junto a três amigos, na primeira posição de uma longa fila aos arredores da Apple Store no centro de Sydney, segundo o portal de notícias "news".

"Vou comprar o iPhone 7 Plus", comentou o jovem de 16 anos, ao confessar que se decepcionou "um pouco com o design" e considerar que o "iPhone precisa ter baterias melhores ou um carregamento mais rápido".

Barsoum, que já é conhecido nas lojas da Apple por ser há dois anos uma das 15 primeiras pessoas a adquirir os novos lançamentos, e seus amigos receberam durante a espera ofertas de até de US$ 1.879 pelos lugares na fila.

O iPhone 7, que foi apresentado no dia 7 de setembro pelo CEO da Apple, Tim Cook, chega nesta sexta-feira aos estabelecimentos de mais de 25 países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos