Pedidos de seguro-desemprego nos EUA aumentam, mas seguem em nível histórico

Washington, 15 set (EFE).- Os Estados Unidos registraram na semana que terminou no dia 10 de setembro um aumento de mil solicitações de seguro-desemprego, chegando ao total de 260 mil, informou nesta quinta-feira o Departamento de Trabalho.

Os analistas tinham previsto para semana passada um número de 265 mil solicitações frente às 259 mil do período anterior.

As solicitações semanais de desemprego estão abaixo de 300 mil há 80 semanas, algo que não ocorria desde a década de 70.

Com relação à média de solicitações nas últimas quatro semanas, um indicador mais confiável do mercado de trabalho, esta teve uma redução de 500 e ficou em 260.750, segundo o relatório do governo.

Já o número de pessoas que recebem o subsídio permanente de desemprego caiu 8 mil na semana que terminou em 3 de setembro e se situou em 2,14 milhões.

O índice de desemprego nos Estados Unidos voltou a níveis prévios à crise iniciada em 2008 e se manteve em 4,9% em agosto, mês no qual houve uma forte desaceleração na criação de postos de trabalho.

Em agosto foram criados 151 mil postos de trabalho, frente aos 275 mil de julho e 271 mil de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos