Bolsas

Câmbio

Porto-riquenhos seguem sem energia elétrica desde a tarde de quarta-feira

San Juan, 22 set (EFE).- A estatal Autoridade da Energia Elétrica (AEE) de Porto Rico prevê que na sexta-feira possa ser restabelecido totalmente o serviço elétrico a cerca de 1,5 milhão de clientes na ilha caribenha, que desde a tarde de quarta-feira estão sem luz por causa de uma grave avaria.

Quase 17 horas depois que o país sofreu um grande blecaute devido a um incêndio gerado na central termelétrica de Aguirre, no município de Salinas (sul do país), boa parte do país segue sem eletricidade

O governador da ilha, Alejandro García Padilla, ordenou a suspensão nesta quinta-feira das aulas no sistema educacional público e atrasou até meio-dia a entrada dos funcionários a seus postos de trabalho.

As ruas da capital amanheceram hoje com o tráfego habitual e só aqueles comércios e estabelecimentos que dispõem de locais com energia próprias funcionam com normalidade.

Os semáforos continuam apagados.

Tanto o governador como a AEE advertiram ontem que o problema pode demorar horas para ser resolvido.

A companhia pública informou através das redes sociais que ao longo da manhã "estarão se integrando, de maneira escalonada, as diferentes unidades" elétricas danificadas.

Por sua vez, anunciou que foi restabelecido o serviço elétrico em várias zonas dos municípios de Ponce, o segundo maior de Porto Rico, e Juana Díaz, ambos situados no sul.

O blecaute aconteceu por volta das 14h30 local (15h30, em Brasília) e não afetou o funcionamento do aeroporto internacional da capital, Luis Muñoz Marín.

Por enquanto não há informações sobre incidentes e são esperadas perdas econômicas milionárias, especialmente do comércio.

A ilha sofre há muito tempo com um sério problema de fornecimento elétrico e os cidadãos pagam, em média, o dobro pela conta de luz do que nos Estados Unidos.

Além disso, a empresa pública AEE acumula uma dívida de ao redor de US$ 9 bilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos