Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 1,07%

Nova York, 29 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em baixa de 1,07%, arrastado pelo mau desempenho do setor financeiro em um dia complicado para o banco alemão Deutsche Bank.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 195,79 pontos, para 18.143,45. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,93%, até 2.151,13, enquanto o índice composto da Nasdaq também recuou 0,93%, aos 5.269,15 pontos.

Os operadores em Wall Street apostaram decididamente nas vendas após um pregão no qual o setor financeiro caiu 1,4% em seu conjunto, arrastado pelo Deutsche Bank, cujas ações que cotam na Bolsa de Nova York (NYSE) desabaram 6,67%.

Os investidores castigaram o Deutsche Bank após saber hoje que o governo alemão não cogita uma intervenção do Estado e negou que esteja preparando um "plano de emergência" para salvar o primeiro banco privado do país.

O banco alemão atravessa uma grave crise precipitada pela multa de US$ 14 bilhões que quer lhe impor o Departamento de Justiça dos Estados Unidos por negócios com hipotecas duvidosos entre 2005 e 2007.

Por outro lado, os mercados estiveram pendentes do petróleo, que fechou em alta em Nova York e Londres, um dia depois que os países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegaram a um acordo em Argel para frear a produção em uma tentativa de conter a queda dos preços.

Enquanto isso, no âmbito econômico, o Departamento de Comércio americano revisou para cima o dado do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, e o Departamento de Trabalho publicou um dado melhor que o esperado sobre o mercado de trabalho nos EUA.

Quase todos os setores terminaram o dia com números vermelhos, como o sanitário (-1,97%), o financeiro (-1,41%), o industrial (-0,67%), o de matérias-primas (-0,6%) e o tecnológico (-0,51%), enquanto só o energético registrou alta, de 0,4%.

O Goldman Sachs (-2,75%) puxou as perdas entre a grande maioria dos 30 componentes do Dow Jones, seguida por Merck (-2,2%), Nike (-2,07%), Pfizer (-1,96%), Johnson & Johnson (-1,74%), JP Morgan (-1,57%), Apple (-1,55%) e Unitedhealth (-1,49%).

Também caíram mais de um ponto percentual Wal-Mart (-1,48%), Procter & Gamble (-1,36%), American Express (-1,32%), Visa (-1,27%), United Technologies (-1,26%), 3M (-1,25%) e General Electric (-1,24%), enquanto os únicos avanços foram das ações de Caterpillar (1,02%) e Verizon (0,12%).

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.324,1, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos recuava até 1,556%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos