Barril do Texas fecha em alta de 0,86%

Nova York, 30 set (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta sexta-feira em alta de 0,86%, cotado a US$ 48,24, com um avanço mensal acumulado de 7,9% e em meio a sinais que indicam uma estabilização das cotações do produto.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em novembro subiram US$ 0,41 em relação ao fechamento de ontem.

A alta de hoje está ligada à decisão anunciada na quarta-feira pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de congelar a produção em 32,5 milhões de barris diários em 2017.

O anúncio foi feito após uma reunião informal da Opep em Argel e deve ser referendado em Viena no encontro semestral do órgão, marcado para ocorrer no próximo dia 30 de novembro.

O preço atingido hoje pelo WTI, de referência nos EUA, é o maior desde 19 de agosto. A recuperação dos preços está gerando um aumento nas plataformas que estão operando no país.

Segundos dados da empresa Baker Hughes, mais sete plataformas entraram em operação, totalizando 425. Mesmo assim, o nível está abaixo das 614 que estavam em funcionamento nos EUA em 2015.

Os analistas disseram que alta de hoje poderia ter sido maior se não tivesse havido uma realização de lucros dos operadores após as altas dos últimos dois dias no WTI - 5,3% da quarta-feira e 1,7% na quinta-feira.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em outubro subiram US$ 0,03 e fecharam cotados a US$ 1,49 o galão.

Já os de gás natural com vencimento no mesmo mês caíram US$ 0,05 e terminaram o dia em US$ 2,91 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos