PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolívia destrói 19,6 toneladas de cerveja contrabandeadas do Brasil

30/09/2016 16h04

La Paz, 30 set (EFE).- A Alfândega Nacional da Bolívia destruiu nas últimas horas desta sexta-feira 19,6 toneladas de cerveja brasileira que entraram no país através de contrabando e foram confiscadas nos últimos meses na fronteira com o Brasil, de acordo com um comunicado divulgado hoje pela instituição boliviana.

No total, foram destruídas 8.411 caixas de cerveja, que estavam avaliadas em US$ 83.993 no mercado, segundo a nota.

A ação foi realizada na região amazônica de Beni, no nordeste boliviano, na cidade de Guayaramerín, próxima da fronteira com o Brasil.

A destruição aconteceu na presença de fiscais e funcionários do Serviço Nacional de Saúde Agropecuária e Inocuidade Alimentaria, da estatal Depósitos Alfandegários Bolivianos e da prefeitura de Guayaramerín, além de oficiais das forças armadas bolivianas estabelecidos na região.

A cerveja foi confiscada em diversas operações realizadas desde o fim de 2015 pela Alfândega e pelas forças armadas bolivianas para evitar a entrada ilegal de mercadorias no país.