Bolsas

Câmbio

Gastos de turistas no Rio 2016 mostra que más previsões não se cumpriram

Miami, 13 out (EFE).- Os Jogos Olímpicos atraíram ao Rio de Janeiro um número três vezes maior que o normal de turistas estrangeiros, que além disso gastaram 28% a mais, de acordo com os pagamentos realizados com cartões Visa durante os 17 dias do evento, realizado em agosto.

Estes dados, que provêm da Visa Performance Solutions, uma divisão de consultoria dentro da empresa internacional de meios eletrônicos de pagamento, mostram que as previsões pessimistas em torno dos primeiros Jogos Olímpicos realizados na América do Sul não se cumpriram.

Para ilustrar como os Jogos Olímpicos dinamizaram a economia brasileira, o mexicano Javier Vázquez, vice-presidente dessa divisão para a América Latina e o Caribe, afirmou nesta quinta-feira à Efe que em 14 de agosto 57% das despesas pagas com cartões Visa em todo o Brasil corresponderam ao Rio de Janeiro.

No Rio 2016 não só houve mais turistas estrangeiros e mais gastos como mais turistas de outras regiões brasileiras que viajaram à "Cidade maravilhosa" para os Jogos Olímpicos.

O aumento neste caso foi de 18% em comparação com os três meses anteriores à abertura do megaevento esportivo.

Em virtude de um acordo assinado por Visa e o Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1986, que foi colocado pela primeira vez em prática em Seul 1988, Visa é o meio oficial de pagamento dos Jogos Olímpicos de Verão e Inverno e dos Jogos Paralímpicos.

Desde 1988, em cada edição dos Jogos é apresentada alguma novidade em meios de pagamentos, e no caso do Rio de Janeiro foi a chamada tecnologia "sem contato", que permite pagamentos com com anéis, pulseiras, relógios e smartphones, os chamados "wearables" ("vestíveis", em tradução livre).

Vázquez indicou que entre os turistas estrangeiros, os que mais aumentaram presença foram os americanos, que também já lideravam em quantodade no Rio de Janeiro independentemente deste evento esportivo.

Houve também aumentos de destaque, embora não tenha quantificado, no número de turistas de Rússia, Austrália, Japão e China.

Quanto aos turistas que chegaram ao Brasil partir de outros países da América Latina durante os Jogos, medido pelas transações realizadas com cartões Visa, A Argentina ficou em primeiro, seguida por Colômbia, Paraguai, Peru e Chile.

O vice-presidente regional da Visa Performance Solutions destacou o fato de que os benefícios dos Jogos Olímpicos não foram apenas dos cariocas, como mostra a dispersão dos gastos.

Dos turistas estrangeiros que estiveram no Rio para ver as competições, 42% visitaran outra cidade brasileira, como São Paulo, Niterói, Belo Horizonte e Salvador.

O aumento dos gastos dos visitantes foi notado especialmente na compra de artigos em geral. O segmento de compras de lembranças olímpicas cresceu 3.824% durante os Jogos Olímpicos em comparação com os três meses precedentes, como era de esperar.

O mesmo ocorreu com a compra de ingressos para competições dos jogos, que aumentaram 539%.

Um dos dados que esta análise do comportamento dos usuários de cartões Visa nos Jogos Olímpicos de Rio revela é que, nas refeições, a preferência foi pela velocidade e por preços mais baratos.

Os gastos com refeições rápidas cresceu 905%, e em restaurantes o aumento foi de 476%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos