Bolsas

Câmbio

Com menos turistas brasileiros, Argentina prevê estagnação do setor em 2016

Madri, 3 nov (EFE).- O ministro de Turismo da Argentina, Gustavo Santos, afirmou nesta quinta-feira que prevê que 5,7 milhões de estrangeiros visitarão o país neste ano, um número parecido com o de 2015, uma estagnação provocada especialmente pela "forte retração" do mercado brasileiro devido à crise econômica e política do país.

O ministro participou hoje, em Madri, da apresentação da Argentina como sócio principal da Feira Internacional do Turismo (Fitur), um dos eventos mais importantes do mundo do setor.

No entanto, o ministro ressaltou que o país conseguiu atrair turistas de mercados mais distantes, como a Europa e a Oceania, e constatou uma "recuperação" do mercado brasileiro desde agosto, a um ritmo de crescimento de 4% mensal.

A previsão do governo da Argentina é atingir 9 milhões de visitantes estrangeiros no prazo de 4 anos, até 2020, tal como anunciou em abril na apresentação do Plano Nacional de Turismo.

Santos lembrou na apresentado as medidas adotadas pelo governo para promover o setor no país, como a diminuição do imposto sobre hotéis estrangeiros e o impulso às empresas aéreas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos