Bolsas

Câmbio

Sede que decifrou códigos dos nazistas será escola de seguridade cibernética

Londres, 24 nov (EFE).- O Bletchley Park, o famoso complexo britânico que decifrou códigos da Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, pode se transformar em um centro de formação de especialistas em segurança cibernética, informa nesta quinta-feira a emissora "BBC".

O projeto tem como objetivo preparar adolescentes de entre 16 e 19 anos sobre segurança cibernética, levando em conta pouca gente capacitada para fazer frente às ameaças de ataques na internet, acrescenta a emissora britânica.

Espera-se que o centro -situado no condado de Buckinghamshire (aos arredores de Londres- abra suas portas em 2018 sob o nome de Colégio Nacional de Segurança Cibernética).

Um porta-voz do complexo de escutas britânico GCHQ (ao oeste da Inglaterra) expressou sua satisfação por este projeto já que trata-se de uma iniciativa que "promove e desenvolve habilidades sobre seguridade cibernética" e para ajudar "jovens com talento".

Os estudantes que entrarem ao colégio não terão que pagar matrícula e receberão treinamento de profissionais especializados em segurança informática, além de ter de estudar matemática, informática e física como parte do curso.

Este projeto foi desenvolvido, segundo a "BBC", por um grupo especializado em segurança cibernética denominado Qufaro.

O colégio terá sua sede no bloco G-Block, construído em 1943 no complexo de Bletchley Park, segundo a "BBC".

Bletchley Park foi a base dos analistas que decifraram o sistema de códigos da máquina alemã Enigma, entre eles o prestigiado cientista britânico Alan Turing.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos