Bolsas

Câmbio

Torre Eiffel fica fechada pelo 3º dia consecutivo devido à greve

Paris, 15 dez (EFE).- A Torre Eiffel de Paris está fechada ao público nesta quinta-feira, pelo terceiro dia consecutivo, por causa de uma greve dos funcionários que trabalham no principal ponto turístico da França.

A Sociedade de Exploração da Torre Eiffel (Sete), que em comunicado pediu desculpas aos visitantes, afirmou hoje que daria sequência às discussões com os representantes dos trabalhadores, uma negociação que começou na última sexta-feira.

A direção da Sete disse que dá "a maior importância" ao diálogo social dentro da empresa e informou que houve mais de 50 reuniões com diferentes representantes dos funcionários. Além disso, afirmou que está fazendo o possível para voltar a abrir a Torre Eiffel.

A assembleia-geral de trabalhadores realizada na manhã de hoje decidiu manter a greve, disse a Confederação-Geral do Trabalho (CGT), que se queixou da falta deliberada de transparência da Sete.

As semanas anteriores ao Natal são, habitualmente, a temporada de menor número de turistas no monumento. Cerca de 6 mil pessoas estavam visitando a Torre Eiffel antes da greve. Na alta temporada, esse número chega a até 25 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos