Deslizamento de terra em mina ilegal deixa ao menos 20 mortos na R.D.Congo

Kinshasa, 19 dez (EFE).- Pelo menos 20 trabalhadores morreram por um deslizamento de terra em uma mina ilegal em Fizim, no leste da República Democrática do Congo (RDC), informaram nesta segunda-feira à Agência Efe fontes governamentais.

"Segundo nossos serviços, há um balanço de 20 mortos, mas é um número provisório", advertiu o governador da província de Kivu, Marcelin Chisambo.

A mina não estava regulamentada pelo governo e era explorada por "mineradores artesanais", algo muito comum em um país onde as minas costumam estar controladas ilegalmente pelas Forças Armadas da República Democrática do Congo (FARDC).

"O número final de mortos aumentará", insistiu Chisambo, que atribuiu o acidente ao "deslizamento de terra causado pela chuva", já que a província se encontra em uma região de grande umidade.

O governo anunciou que está realizando uma investigação para esclarecer os fatos e descobrir as causas exatas que produziram o acidente.

A maior parte das jazidas da região mineira do sul de Kivu não estão regulamentadas pelo governo provincial.

Os deslizamentos de terras em minas sem as condições regulamentares é uma situação comum na RDC, onde os jovens colocam suas vidas em risco em troca de salários irrisórios.

A região sofre também com os enfrentamentos entre as FARDC e diversos grupos rebeldes que semeiam o terror entre a população local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos