PayPal se apoia na Xoom para aumentar facilidades no envio de remessas

San Francisco, 19 dez (EFE).- A Xoom, plataforma digital d adquirida pela PayPal há pouco mais de um ano, se consolidou como uma das empresas mais confiáveis no envio de remessas, segundo um recente relatório do centro de análise e comunicação Inter-American Dialogue.

A Xoom obteve a primeira posição, empatada com a Dolex a Viamericas, com uma marca de 40 pontos em um máximo de 48, após ser analisada através de 12 indicadores. Em 2012, a companhia também esteve no topo do ranking.

"Estamos trabalhando muito para manter essa liderança. Fomos os primeiros a entrar no mundo digital de remessas, mas seguimos inovando. Sermos líderes nesse relatório é um reconhecimento que nos dá orgulho", disse à Agência Efe o diretor de produto da Xoom, Bobby Aitkenhead.

Um dos principais atrativos do serviço é que o custo médio de cada envio de remessas ao estrangeiro a partir dos Estados Unidos é de 3,39%, contra os 7,45% cobrados por empresas similares.

"Além de sermos competitivos no preço, somos uma empresa que fornece muita conveniência ao usuário. Nossos aplicativos e produtos facilitam a transição. Além disso, oferecemos a maior rede de distribuição de remessas fora dos EUA".

Aitkenhead destacou o fato de que, através da Xoom, é possível depositar dinheiro em contas bancárias, enviar dinheiro em espécie, pagar faturas e, inclusive, recarregar telefones celulares.

"Estamos há 15 anos no mercado com um recorde impecável de segurança e somos a forma mais rápida de enviar dinheiro a 56 países a partir dos EUA. Em muitos casos, as pessoas recebem o dinheiro de maneira instantânea, quando, na concorrência, às vezes é necessário esperar dois ou três dias", indicou o diretor.

Além disso, a aquisição da Xoom por parte do PayPal permitirá que o envio de remessas possa ser feito a partir de mais países no futuro, não apenas dos EUA como até o momento.

"A PayPal está presente em 200 países e territórios. Portanto, buscamos sinergia para conseguir que as pessoas possam movimentar dinheiro a partir de mais lugares", indicou Aitkenhead, consciente de que o envio de remessas também é um fator decisivo no desenvolvimento econômico de vários países.

Esses envios representam, em alguns casos, até 15% do Produto Interno Bruto (PIB) de alguns países. As remessas para a América Latina e o Caribe, por exemplo, superaram os US$ 70 bilhões em 2015, e espera-se que esse número cresça 5% neste ano.

"As remessas são meios de vida para os familiares, mas, às vezes, simplesmente pagar uma fatura com nossas ferramentas pode representar uma grande economia de tempo", explicou, citando o fato de que em países como o México, por exemplo, é preciso realizar um deslocamento para pagar uma conta de luz.

"No fim, você investe tempo e dinheiro só para fazer esse pagamento. Se é possível fazer de forma instantânea, isso dá valor econômico e de conveniência", destacou o diretor.

A Xoom vai continuar trabalhando para melhorar a experiência do cliente com maior inovação em suas tecnologias e também em algoritmos que promovam um processo econômico mais eficiente e seguro.

"Todos os temas de segurança e processamento de pagamentos eletrônicos podem encarecer as transações. Nós queremos melhorar esses mecanismos para reduzir ainda mais os custos", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos