Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha praticamente estável

Nova York, 29 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em leve baixa de 0,07%, em um pregão sem rumo definido e com pouco volume de operações.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 13,90 pontos e ficou com 19.819,78. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,03%, para 2.249,26 pontos, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 0,12% e fechou aos 5.432,09.

O pregão se desenvolveu com um comportamento parecido ao das últimas jornadas, coincidindo com as festas natalinas, embora hoje, da mesma forma que na quarta-feira, tenha terminado em terreno negativo depois da onda de lucro das últimas semanas.

Em princípio, segundo fontes do mercado, o pregão nova-iorquino não se viu influenciado pelas sanções contra a Rússia anunciadas pela Casa Branca na última parte da sessão, incluindo a expulsão de 35 diplomatas russos.

O mercado pode chegar a reagir, segundo os operadores, se as repercussões por este confronto diplomático derivarem em, por exemplo, restrições comerciais e um forte aumento da tensão entre as duas nações com repercussões mundiais.

Caso a tendência se mantenha no último pregão do ano, o Dow Jones, que há pouco estava enxergando a possibilidade de tocar os 20.000 pontos pela primeira vez em sua história, pode terminar amanhã com o primeiro retrocesso semanal em oito semanas.

Os comentaristas concordaram que hoje não houve liderança de nenhum setor específico, com muitos operadores considerando que o exercício anual está fechado e satisfeitos com o que se viu até agora.

Em todo caso, houve certa realização de lucros pelos últimos recordes das bolsas de valores: o índice do Nasdaq o alcançou em 27 de dezembro, o Dow Jones sete dias antes e o seletivo S&P 500 o arrasta desde 13 de dezembro.

Por setores, houve mais quedas que altas. A mais pronunciada foi a do setor financeiro, mas de apenas 0,13%, enquanto o maior avanço foi registrado pelo de telecomunicações, que subiu 0,53%.

Dos 30 títulos incluídos no Dow Jones, as altas foram lideradas por Verizon (0,56%), Coca-Cola (0,51%) e Pfizer (0,43%). Dentro desse grupo, as ações que mais perderam foram as de Goldman Sachs (-1,03%), Dupont (-0,77%) e JP Morgan Chase (-0,71%).

Em outros mercados, a onça do ouro avançava para US$ 1.158,40, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos recuava até 2,477%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos