Bolsas

Câmbio

Comissária de Comércio da UE alerta sobre custos do protecionismo de Trump

Toronto (Canadá), 21 mar (EFE).- A comissária de Comércio da União Europeia, Cecilia Malmström, que está no Canadá em visita oficial, lançou uma clara advertência contra as políticas protecionistas sugeridas pelo governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, indicando que custariam o emprego de milhões de pessoas.

Malmström, que estava em Ottawa para promover o acordo de livre-comércio entre Canadá e a União Europeia, afirmou em discurso que as declarações de representantes do governo Trump estão questionando a estrutura da Organização Mundial de Comércio (OMC).

"A administração americana parece querer favorecer as relações bilaterais em vez do multilateralismo. E algumas propostas que vimos, como a tarifa alfandegária de ajuste, poderiam ir contra as normas da OMC", disse Malmström.

A comissária europeia disse que os países deveriam ser capazes de se proteger das distorções e das práticas comerciais injustas, mas que deveriam questionar esses problemas dentro da OMC.

Malmström também disse que rejeitar o comércio aberto e as estruturas multilaterais que o suportam teria um "grande custo": milhões de empregos ou aumento de preços de produtos que também acabaria afetando os trabalhadores.

"Aumentar o protecionismo poderia ameaçar as sociedades e as economias abertas que trouxeram liberdade e oportunidade aos povos do Canadá, da Europa e do mundo", afirmou.

"Em uma época em que alguns querem construir muros, reimpor barreiras, restringir a liberdade de movimentação, estamos abertos a um comércio progressivo com o mundo", completou a comissária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos