África do Sul suspende importações de carne de alguns produtores brasileiros

Johanesburgo, 22 mar (EFE).- A África do Sul anunciou nesta quarta-feira a suspensão das importações de carne de empresas "suspeitas de estarem envolvidas" no escândalo de fraude em carnes no Brasil, informaram à Agência Efe fontes do governo do país africano.

O Ministério da Agricultura sul-africano pediu ao governo brasileiro uma lista das empresas relacionadas com a máfia desarticulada que, segundo a Polícia Federal, adulterava com produtos químicos a aparência de carnes vencidas e subornava fiscais.

O governo da África do Sul suspenderá até o momento a entrada de produtos de carnes procedentes de todas estas empresas, segundo um comunicado de seu Ministério da Agricultura.

"Os funcionários do Ministério em todos os pontos de entrada do país receberam instruções para que analisem todos os contêineres de carne do Brasil", afirma o texto, que acrescenta que as importações de carne de produtores suspeitos não será retomada até que o Brasil esclareça o ocorrido.

Segundo dados da Associação Sul-Africana de Produtores Avícolas (SAPA, na sigla em inglês), a África do Sul importou em 2016 mais de 233 mil toneladas de carne de frango do Brasil, 41,7% do total de suas compras externas para o setor. A entidade também estimulou os sul-africanos a comprarem produtos locais para evitar riscos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos