Bolsas

Câmbio

Reino Unido aplicará veto de eletrônicos em voos ainda esta semana

Londres, 22 mar (EFE).- O veto imposto pelo governo britânico a computadores portáteis e demais aparelhos eletrônicos na bagagem de mão em certos voos vindos de seis países do Oriente Médio e da África entrará em vigor "antes de sábado", anunciou nesta quarta-feira o Ministério de Transporte.

Uma porta-voz da pasta indicou que as companhias aéreas afetadas pela proibição anunciada ontem pelo Executivo em Londres - seis britânicas e oito estrangeiras - já foram avisadas que as novas regras passarão a valer "nos próximos dias e no máximo até 25 de março". A fonte acrescentou que os passageiros de voos diretos procedentes da Turquia, do Líbano, da Jordânia, do Egito, da Tunísia e da Arábia Saudita - todos de maioria muçulmana - rumo ao Reino Unido deverão ir ao aeroporto já com a expectativa de que as medidas entraram em vigor.

Em uma decisão similar à anunciada pelos Estados Unidos, o gabinete britânico vai obrigar que passageiros dos países em questão despachem notebooks, tablets, livros eletrônicos e dispositivos que sejam maiores do que um smartphone normal. Conforme as novas normas, os aparelhos eletrônicos não poderão ter mais do que 16 centímetros de altura, 9,3 de largura e 1,5 centímetro de espessura.

Esses dispositivos terão que ser despachados pelo viajante antes de passar pelo controle de segurança do aeroporto. De toda forma, continuarão valendo as restrições frequentes que atualmente regem no quesito bagagem de mão.

As companhias britânicas atingidas pelas novas medidas são British Airways, easyJet, Jet2.com, Monarch, Thomas Cook Airlines e Thomson Airways. As estrangeiras, por sua vez, são Turkish Airlines, Pegasus Airlines, Atlas-Global, Middle East Airlines, EgyptAir, Royal Jordanian, Tunisair e Saudia. Dessas, a companhia de baixo custo Easyjet aplica a partir de hoje o veto aos aparelhos na cabine, o que afeta as rotas da Turquia e do Egito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos