Bolsas

Câmbio

Jornalistas ibero-americanos recebem amanhã Prêmios Rei da Espanha

Madri, 26 mar (EFE).- Jornalistas de vários países ibero-americanos receberão nesta segunda-feira, em Madri, os Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha das mãos de Felipe VI.

A Casa da América de Madri receberá amanhã a 34ª edição do prêmio, organizado pela Agência Efe e pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.

Neste ano, os premiados são jornalistas e comunicadores de sete nacionalidades. Em seus trabalhos, escolhidos por um júri entre 196 concorrentes, predomina a preocupação com os temas sociais e os dramas humanos.

Na categoria Imprensa, o premiado é o brasileiro Vinícius Sassine, repórter do jornal "O Globo", escolhido por uma matéria sobre as reiteradas recusas da Força Aérea Brasileira em transportar órgãos destinados a transplantes.

Na categoria Televisão, o mexicano Carlos Lort de Mola levou o prêmio por uma reportagem sobre o êxodo de refugiados sírios exibida pela emissora "Televisa". No rádio, o espanhol Jordi Basté, diretor do programa em catalão El Mon a RAC1, venceu a categoria pela edição especial para informar sobre os atentados de Paris em 2015.

O prêmio de Fotografia será concedido ao cubano Yander Alberto Zamora, da "Reuters", que captou a chegada do Air Force One, avião do então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prestes a aterrissar em Havana.

No Jornalismo Digital, o premiado é o espanhol Gregorio Rodríguez Ramos, em representação da equipe de especiais do jornal "El País" responsável pelo "40 anos do 20N", que detalha a transformação da Espanha durante as quatro décadas desde a morte de Franco.

O Premio Especial Ibero-Americano de Jornalismo Ambiental e Desenvolvimento Sustentável será concedido à colombiana Patrícia Gómez pela reportagem "Chumbo: veneno invisível", transmitido pela "RNC Televisión", que mostra os efeitos nocivos da exposição deste metal em uma região do nordeste de seu país.

Além disso, a escritora uruguaia-espanhola Carmen Posadas receberá o Prêmio Ibero-Americano de Jornalismo pelo artigo "Sonhar em Espanhol", que defende o valor do idioma em um momento que o número de pessoas que falam a língua cresce no mundo.

O escritor, jornalista e acadêmico espanhol Arturo Pérez-Reverte receberá o Prêmio Don Quixote pelo artigo "Os godos do Imperador Valente", no qual mostra as semelhanças da crise do Império Romano e da atual civilização europeia.

Os Prêmios Rei da Espanha contam com o patrocínio do grupo internacional OHL e concedem 6 mil euros a cada um dos vencedores, além de uma escultura em bronze de Joaquín Valero Turcios.

O Prêmio Don Quixote concede ao vencedor uma premiação de 9 mil euros, patrocinado pela empresa pública espanhola Tragsa. Já o Prêmio Ibero-Americano de Jornalismo tem parceria com a Llorente&Cuenca.

O rei Felipe VI discursará na cerimônia de entrega da premiação junto com o ministro das Relações Exteriores da Espanha, Alfonso Dastis, e o presidente da Agência Efe, José Antonio Vera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos