China aumenta despesa fiscal em 21% interanual no 1º trimestre

Pequim, 14 abr (EFE).- O Governo da China aumentou sua despesa fiscal em 21% no primeiro trimestre do ano a respeito do mesmo período de 2016 para 4,59 bilhões de iuanes (US$ 667 bilhões), apesar do aumento da arrecadação.

Os investimentos fiscais de China chegaram a 4,44 bilhões de iuanes (US$ 645 bilhões) no primeiro trimestre, valor 14,1% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, segundo dados oficiais publicados hoje.

O crescimento trimestral é ligeiramente inferior ao de janeiro e fevereiro, quando tinha subido 14,9%, segundo o Ministério de Finanças chinês, que explicou que os investimentos fiscais de março foram de 1,29 bilhão de iuanes (US$ 187 bilhões).

Em seu comunicado, atribui o crescimento ao aumento dos preços de produção após os esforços governamentais por lutar contra o excesso de capacidade industrial, pela consolidação econômica e pela recuperação das exportações e das importações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos