American Airlines suspende auxiliar de voo após confusão com passageira e bebê

Em Nova York

  • Jason DeCrow/AP

A companhia aérea American Airlines suspendeu um auxiliar de voo depois de um vídeo publicado nas redes sociais mostrando o funcionário e um passageiro se desentendendo dentro do avião por conta de uma suposta agressão do empregado a uma viajante.

"Vimos o vídeo e já abrimos uma investigação para conhecer os fatos", informa a companhia em comunicado enviado neste sábado aos jornais americanos e no qual "lamenta profundamente" pela passageira, sua família e outras pessoas afetadas pelo incidente.

Com base no vídeo, uma mulher está chorando com um bebê nos braços quando um homem se levanta de seu assento e diz ao auxiliar de voo: "Se fizer isso comigo, te jogo no chão".



A mulher, que ontem viajava de São Francisco a Dallas, tentou embarcar com um carrinho para a criança, mas o auxiliar não permitiu e, na confusão, o carrinho bateu nela, informou o "Wall Street Journal".

Aos prantos, ela pede que lhe devolvam o objeto e diz aos tripulantes que eles não podem "usar de violência com bebês". Diante disso, o passageiro levante e exige saber o nome do funcionário.

O trabalhador diz que o homem não deve se intrometer e, pouco depois, ele volta a sair do seu lugar e os dois homens começam uma discussão, que não chega a agressão física.

"O que vemos no vídeo não reflete nossos valores nem como cuidamos dos nossos clientes. Estamos decepcionados com estas ações. O membro da equipe da American foi suspenso de suas tarefas enquanto investigamos de imediato o incidente", diz a American Airlines no comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos