Bolsas

Câmbio

Nasdaq estabelece novo recorde, e Dow Jones fecha em baixa de 0,13%

Nova York, 1 mai (EFE).- O índice composto da Nasdaq registrou nesta segunda-feira um novo recorde, enquanto o Dow Jones fechou em baixa de 0,13%, depois do acordo sobre o orçamento nos Estados Unidos para evitar um fechamento parcial do governo.

Ao final do pregão, a Nasdaq subiu 0,73%, para 6.091,60 pontos. Já o seletivo S&P 500 avançou 0,17%, até 2.388,33, enquanto o Dow Jones perdeu 27,05 pontos e terminou o dia com 20.913,46.

Os operadores do pregão nova-iorquino apostaram nas compras durante quase toda a jornada, animados pelo acordo sobre o orçamento nos EUA, mas na reta final os ânimos desinflaram devido a declarações do presidente Donald Trump.

Os líderes do Congresso alcançaram um acordo bipartidário sobre o orçamento para o atual ano fiscal, que inclui mais fundos para defesa e segurança fronteiriça, e permite evitar um fechamento parcial do governo previsto para o final desta semana.

O pacto foi recebido com otimismo nos mercados, até que Trump disse em uma entrevista à emissora "Bloomberg" que está estudando uma maneira de voltar a um sistema financeiro que separe as operações dos bancos de investimento e dos bancos comerciais.

Desta forma, ao toque final do sino, o índice Nasdaq conseguiu conquistar um novo máximo histórico, mas o Dow Jones apagou todos os lucros que tinha acumulado durante o dia e terminou tingido de vermelho.

Os setores acabaram divididos entre as quedas do de telecomunicações (-0,31%), do energético (-0,1%), do industrial (-0,1%) e do de matérias primas (-0,05%), e os avanços do tecnológico (0,95%) e do financeiro (0,45%).

A Boeing (-1,32%) puxou as perdas no Dow Jones, seguida por Home Depot (-1,22%), IBM (-0,89%), Nike (-0,77%), Walt Disney (-0,74%), Chevron (-0,72%), 3M (-0,52%), Travelers (-0,39%), Pfizer (-0,35%), DuPont (-0,33%) e Cisco Systems (-0,31%).

Do outro lado, os lucros foram liderados pela Apple (2,04%), na frente de Microsoft (1,39%), McDonald's (0,87%), Exxon Mobil (0,5%), Goldman Sachs (0,47%), Intel (0,44%), Coca-Cola (0,16%), JP Morgan (0,09%), Merck (0,08%) e Wal- Mart (0,07%).

Em outros mercados, a onça do ouro caía para US$ 1,258, enquanto a rentabilidade da dívida pública a dez anos avançava até 2,322%. EFE

elr/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos