Bolsas

Câmbio

Barril do Texas desaba 4,8% e fecha em US$ 45,52

Nova York, 4 mai (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em forte queda de 4,8% nesta quinta-feira, cotado a US$ 45,52, seu nível mais baixo nos últimos cinco meses.

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em junho, os de vencimento mais próximo, despencaram US$ 2,30 em relação ao fechamento de ontem.

O barril de referência nos Estados Unidos perdeu o patamar dos US$ 46 e terminou em seu nível mais baixo desde o último dia 29 de novembro, quando os países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiram diminuir a produção para deter a queda dos preços.

Entre os operadores dos mercados de matérias-primas tem se instalado a incerteza sobre a possibilidade de que os sócios do cartel petroleiro e outros produtores estendam os cortes na segunda metade do ano

Os analistas também atribuíram a forte queda do petróleo aos avanços "significativos" alcançados nas últimas horas para resolver o conflito na Líbia, país que produz na atualidade 600.000 barris de petróleo diários.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em junho caíram US$ 0,05, para US$ 1,48 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês perderam US$ 0,04 e encerraram o dia em US$ 3,19 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos