Maior parte dos centros de saúde ingleses atacados já recuperou normalidade

Londres, 13 mai (EFE).- A maior parte dos centros do sistema de saúde da Inglaterra afetados na sexta-feira por um ciberataque a grande escala recuperou a normalidade, afirmou neste sábado a ministra britânica de Interior, Amber Rudd.

Após presidir em Londres um comitê de emergências para avaliar os efeitos do incidente, Rudd indicou aos meios que 48 das 248 localidades do Serviço Nacional de Saúde (NHS England), desde onde são coordenados hospitais e outros serviços médicos como ambulâncias, foram afetadas pelo ataque.

Todos esses centros operativos, salvo seis, recuperaram sua atividade habitual 24 horas depois que alguns de seus computadores ficaram bloqueados por um software malicioso, segundo a titular de Interior.

"Dos 48 (organismos) que foram atingidos, a maioria deles voltou a operar de maneira normal. Só seis deles continuam tendo algumas limitações em sua atividade", afirmou a ministra conservadora.

O Centro Nacional de Cibersegurança britânico (NCSC, em sua sigla em inglês), que pertence aos serviços de inteligência, dirige os trabalhos para recuperar os equipamentos informáticos danificados no ataque, que afetou órgãos e empresas de cerca de 100 países.

Tanto Rudd como a primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, disseram que o incidente não comprometeu a privacidade dos dados médicos que são armazenados pelo sistema público de saúde em seus computadores.

Numerosos trabalhadores de hospitais, centros de saúde mental e clínica dentais, entre outros serviços do sistema público, viram ontem como seus equipamentos foram bloqueados por um vírus que exigia um pagamento para recuperar os arquivos.

Rudd recomendou hoje aos centros afetados "não pagar" esse resgate para desbloquear os computadores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos