Bolsas

Câmbio

Pessoal de cabine da British Airways anuncia greve de 4 dias

Londres, 2 jun (EFE).- O sindicato britânico Unite anunciou nesta sexta-feira uma greve do pessoal de cabine da companhia aérea British Airways (BA) de quatro dias, a partir de 16 de junho, em meio a negociações para conseguir um aumento salarial.

Um porta-voz do sindicato detalhou que a nova convocação responde à "reiterada" negativa por parte da empresa de restabelecer as vantagens para viajar aos funcionários que participaram de paralisações anteriores.

O Unite estima que o pessoal de cabine integrado na chamada "frota mista", contratado desde 2010, recebe uma média de 16.000 libras anuais (cerca de R$ 67,5 mil), enquanto a companhia aérea assegura que nenhum de seus contratados recebe menos de 21.000 libras anuais (cerca de R$ 88,6 mil).

A companhia também afirmou através de uma porta-voz que a greve é "completamente desnecessária".

"Como nas jornadas anteriores nas quais o Unite convocou greves da frota 'mista' do pessoal de cabine, transportaremos todos os nossos clientes aos seus destinos", garantiu a porta-voz da British Airways.

O anúncio da nova paralisação é feito poucos dias depois de um erro informático deixar em terra cerca de 75.000 passageiros que tinham voos programados com a British Airways.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos