Bolsas

Câmbio

Barril do Texas fecha em alta de 1,67%

Nova York, 6 jun (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em alta de 1,67% nesta terça-feira, após redução da preocupação despertada a partir da suspensão de relações entre Catar e outros países da região.

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em julho subiram US$ 0,79 em relação ao fechamento desta segunda-feira.

A alta do preço do petróleo acontece após dois dias de quedas, e após os investidores considerarem que as tensões entre Catar e vários países da região não afetarão o acordo global que visa rebaixar a produção, como se temia.

"O mercado tem se dado conta que é pouco provável um aumento das tensões geopolíticas no Oriente Médio, já que o Catar, provavelmente, tentará suavizar a situação, ao invés de piorar-la", explicou o diretor da empresa ClipperData, de análise de matérias-primas, Matt Smith.

A queda do preço do petróleo aconteceu depois que Arábia Saudita, Egito, Barein e Emirados Árabes Unidos romperam laços diplomáticos com o Catar após acusar esse país de apoiar o terrorismo. Os analistas temiam que as tensões afetem a unidade na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), da qual fazem parte tanto Arábia Saudita e Emirados Árabes como o Catar.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em julho subiram quase US$ 0,02 e fecharam cotados a US$ 1,55 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês aumentaram US$ 0,06 e encerraram o dia em US$ 3,04 por cada mil pés cúbicos. EFE

hc/bg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos