Bolsas

Câmbio

JBS vende suas operações em Argentina, Paraguai e Uruguai para Minerva

Rio de Janeiro, 6 jun (EFE).- A JBS anunciou nesta terça-feira que vendeu suas operações de carne bovina em Argentina, Paraguai e Uruguai para sociedades controladas pelo grupo Minerva.

O acordo para entregar seus ativos nos três países a três sociedades controladas pela Minerva chega a US$ 300 milhões, mas pode ser ajustado até o fechamento do negócio dependendo da auditoria que será feita pela compradora, informaram hoje as duas companhias em um comunicado remetido à Bolsa de Valores de São Paulo.

"O valor da operação está sujeito a um ajuste em valor equivalente à diferença entre o capital circulante líquido e o endividamento de longo prazo das sociedades na data de fechamento (do negócio), cujo valor estimado em 31 de março de 2017 era positivo em aproximadamente US$ 40 milhões", diz o comunicado.

A JBS ofereceu ao grupo Minerva todas as ações que possui através da sua subsidiária JBS Handels GMBH em ativos de produção de carne bovina em Argentina, Paraguai e Uruguai.

O frigorífico informou que utilizará os recursos obtidos na operação para diminuir sua exposição financeira diante de seu endividamento elevado.

A Minerva, uma das líderes na América do Sul na produção e na comercialização de gado bovino, carne e seus derivados, assumirá as operações da JBS através de suas subsidiárias Pul Argentina, Frigomerc e Pulsa S.A.

JBS e Minerva esclareceram que a negociação está condicionada à aprovação por parte dos órgãos reguladores nos quatro países.

Entre as empresas incluídas no acordo de venda se destacam a JBS Paraguay, o Frigorífico Canelones (Uruguai) e a JBS Argentina, assim como as participações na Industria Paraguaya Frigorífica.

De acordo com o comunicado, a Frigomerc assumirá 100% do capital social da JBS Paraguay; a Pulsa ficará com 100% do Frigorífico Canelones e a Pul Argentina a totalidade da JBS Argentina.

A Minerva explicou que a operação representa uma "oportunidade estratégica para complementar suas operações e um novo passo em sua diversificação geográfica na América do Sul", já que as operações da JBS nos três países do Cone Sul são "complementares às operações industriais e de distribuição do Grupo Minerva".

A companhia acrescentou que o acordo permitirá elevar sua capacidade de produção para até 26.380 animais abatidos por dia, 11.880 deles no Brasil (45,03% do total), 5.050 na Argentina (19,14%), 5.400 no Paraguai (20,47%), 3.200 no Uruguai (12,13%) e 850 na Colômbia (3,23%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos