Neoenergia e Elektro anunciam fusão

Madri, 8 jun (EFE).- A companhia brasileira de energia elétrica Neoenergia anunciou nesta quinta-feira que irá incorporar as atividades e os negócios da Elektro, controlada pela Iberdrola, união que dará lugar à maior companha elétrica da América Latina por número de clientes.

A operação, que já era especulada pelo mercado, foi aprovada na quarta-feira pelos acionistas da Neoenergia: Banco do Brasil (12%), Previ (fundo de pensão do Banco do Brasil) (49%) e Iberdrola Energia (39%).

Após a incorporação da Elektro na Neoenergia, o Banco do Brasil e a Previ terão 9,35% e 38,21% do capital da nova Neoenergia, respectivamente, enquanto a espanhola Iberdrola Energia controlará 52,45%.

Dessa fusão surgirá a maior companhia de energia elétrica do Brasil e a primeira da América Latina por número de clientes (13,4 milhões), e grande peso em negócios regulados.

A fusão das companhias faz parte do plano estratégico da Iberdrola, que está centrado na aposta pelos negócios regulados e estáveis e por consolidar e controlar a gestão da sua atividade no Brasil.

A sociedade reunirá os ativos de distribuição, transporte, geração e comercialização de eletricidade da Neoenergia e da Elektro.

A Iberdrola assumiu o compromisso de lançar a empresa à Bolsa quando seus dois parceiros "considerarem oportuno".

A Iberdrola terá direito de nomear a maioria dos membros do Conselho Administrativo da companhia e a obrigação de canalizar todos os seus investimentos no Brasil através da mesma.

A operação ainda precisa ser aprovada pelo Cade e pela Aneel.

A companhia estará presente no negócio de geração eólica e hidráulica, com uma capacidade de 2.080 megawatts (MW) operacionais e 1.460 MW em desenvolvimento, bem como no negócio de geração termoelétrica, com 530 MW operacionais.

Sua área de concessão compreenderá 836 mil quilômetros quadrados, quatro vezes mais que a área controlada pela Iberdrola na Espanha, e sua rede de distribuição se estenderá por 585 mil quilômetros.

A nova Neoenergia conta com uma base de ativos regulados de, aproximadamente, R$ 14,5 bilhões.

atm/cd/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos