Bolsas

Câmbio

Fabricante de airbags Takata se declara em concordata

Tóquio, 26 jun (EFE).- O fabricante japonês de airbags Takata se declarou nesta segunda-feira (data local) em concordata em um tribunal de Tóquio diante de suas perdas milionárias devido aos problemas derivados dos seus dispositivos defeituosos, segundo anunciou hoje a empresa.

A decisão foi tomada pelo conselho diretor da Takata, segundo a empresa divulgou em comunicado, o que levou o regulador da Bolsa de Tóquio a suspender sua cotação, depois que as ações da empresa acumularam uma queda próxima a 80% desde o meio do mês.

As obrigações de pagamento da Takata superam o trilhão de ienes (US$ 8,988 bilhões), o que transforma a quebra do fabricante de airbags na maior de uma empresa japonesa até hoje.

A concordata é destinada a facilitar a reestruturação da dívida, acolher a empresa na proteção da legislação japonesa e evitar a insolvência, segundo a própria Takata, que acrescentou que pedirá financiamento de emergência a entidades do país para continuar com sua atividade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos