Bolsas

Câmbio

Ucrânia diz que freou ciberataque e que controla a situação

Kiev, 28 jun (EFE).- O governo da Ucrânia anunciou nesta quarta-feira que conseguiu frear o ciberataque perpetrado ontem contra as instituições corporativas do país, e afirmou que a situação está "sob controle".

"Todas as empresas estratégicas e os serviços que garantem a segurança do Estado funcionam com total normaliade", afirma em uma declaração o escritório de imprensa do Executivo.

O comunicado acrescenta que a situação está "sob controle" e que os especialistas em cibersegurança estão trabalhando na recuperação dos dados que foram perdidos no ataque informático.

No entanto, o aeroporto internacional de Borispol, nos arredores da capital ucraniana, seguia nesta manhã com seu servidor principal desligado.

"As companhias aéreas trabalham com os seus sistemas informáticos de maneira autônoma. O painel principal de anúncios de saídas e chegadas de voos estamos atualizando de forma manual a cada 15 minutos", disse o subdiretor do aeroporto, Yevgueni Dijne, ao canal de televisão "112.Ukraina".

Uma variante do vírus informático Petya afetou na terça-feira dezenas de grandes empresas e instituições europeias, principalmente na Ucrânia e na Rússia, em um ciberataque similar ao sofrido há um mês por 200 mil usuários em 150 países.

O Petya, segundo a companhia de cibersegurança russa Group-IB, é "um vírus similar ao WannaCry (do ataque de maio), que bloqueia os computadores e exige o pagamento de US$ 300 em bitcoins para desbloqueá-los".

O também russo Laboratório Kaspersky, uma das grandes multinacionais no âmbito de cibersegurança, advertiu ontem que o vírus se estendeu por todo o mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos