Barril do Texas fecha em baixa de 4,12%

Nova York, 5 jul (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em queda de 4,12% nesta quarta-feira, cotado a US$ 45,13, quebrando, assim, a sequência de oito altas consecutivas que vinha acumulando, a maior em cinco anos.

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em agosto caíram US$ 1,94 em relação ao fechamento de ontem.

Entre outros fatores, os analistas atribuíram o retrocesso de hoje no valor do barril do Texas ao aumento das exportações da Opep durante junho, segundo dados extraoficiais.

Também repercutiram outros relatórios que apontam um aumento em junho nas vendas de vários integrantes do cartel, entre eles a Arábia Saudita, maior exportadora de petróleo do grupo.

Os dados colocam em dúvida os compromissos da organização para cortar a produção de hidrocarbonetos a fim de fazer frente ao excesso de oferta nos mercados e que vem impactando fortemente os preços desde o fim de 2014.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em agosto caíram US$ 0,03 para US$ 1,50 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês caíram US$ 0,11 e encerraram o dia em US$ 2,84 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos