Bolsas

Câmbio

Dow Jones quebra recorde pela sétima vez consecutiva

Nova York, 3 ago (EFE).- O índice Dow Jones Industrial quebrou pela sétima vez consecutiva seu recorde positivo, ao fechar nesta quinta-feira em leve alta de 0,04%, e com isso se manteve acima da barreira histórica de 22 mil pontos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 9,86 pontos, para 22.026,10. O seletivo S&P 500 recuou 0,22%, e o índice composto da Nasdaq caiu 0,35%. Já o seletivo S&P 500 recuou 0,22%, para 2.472,16 pontos, e o índice composto da Nasdaq encerrou o pregão em baixa de 0,35%, aos 6.340,34.

O Dow Jones também ficou no negativo durante vários momentos, o último já perto do fechamento, como consequência das notícias sobre a investigação nos Estados Unidos sobre a suposta interferência russa nas eleições presidenciais de novembro do ano passado.

Segundo "The Wall Street Journal", o promotor especial encarregado do caso, Robert Mueller, selecionou os integrantes de um grande júri em Washington, o que representa um novo passo na investigação.

Após cair rapidamente, o Dow Jones se recuperou nos minutos finais da sessão e terminou positivo, o suficiente para registrar um novo recorde.

Hoje, a maior parte dos setores de Wall Street terminaram no vermelho, com as empresas energéticas acumulando as maiores quedas (-0,94%). Enquanto isso, o setor dos bens de consumo não cíclico (0,32%), o industrial (0,21%) e o dos serviços públicos (0,12%) foram os únicos que registraram avanços.

Entre as empresas cotadas em Wall Street, se destacaram com os lucros Pfizer (1,55%), 3M (1,08%), General Electric (0,94%) e United Health (0,92%). Por outro lado, as maiores quedas foram de DuPont (-1,20%), McDonald's (-1,19%), Goldman Sachs (-1,01%) e Apple (-1,00%), que retrocedeu após a forte subida de ontem.

No fechamento do pregão, a onça do ouro caía para US$ 1.274,30, e a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com vencimento em dez anos recuava para 2,219%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos