Bolsas

Câmbio

Era espacial dos anos 60 segue viva em restaurante no deserto do Arizona

Beatriz Limón.

Phoenix (EUA), 4 ago (EFE).- Um hotel com restaurante perdido no deserto do Arizona resgata o auge da era espacial dos anos 60 com referências à Nasa e atrai milhares de visitantes que passam por Gila Bend, um pequeno povoado com pouco mais de dois mil habitantes.

Decorado com pinturas de alienígenas, naves espaciais, foguetes, satélites, planetas, astronautas e galáxias, o Space Age Lodge revive os anos dourados da agência espacial americana.

"É um lugar com muita história, vem gente do mundo todo para conhecer o lugar, que também é visitado por cientistas da Nasa", explicou à Agência Efe uma das garçonetes, Silvia Ruiz.

A funcionária lembrou que o fundador do local, Al Stovall, tinha uma mina de cobre e magnésio perto do povoado, e começou a relação com o governo durante a Segunda Guerra Mundial, ao vender materiais para submarinos.

Assim começou a amizade da elite aeroespacial com um homem que sempre disse se sentir "extremadamente" atraído pelos programas da Nasa.

Entre 1964 e 1965, Stovall construiu o hotel com restaurante em um pequeno povoado do Arizona, onde podia expor as dezenas de fotografias autografadas pelos astronautas que faziam parte das missões espaciais. No teto, a decoração contava com duas réplicas de satélites.

Com o passar do tempo e um incêndio que destruiu o restaurante em 1998, o Space Age Lodge passou por uma modificação e ganhou um design mais futurista e moderno, integrando murais do espaço pintados à mão nas paredes internas.

Ruiz comentou que foi "esse amor" pela Nasa que o fez criar o estabelecimento no Arizona e outros cinco perto da Disneyland, em Anaheim (Califórnia), agora propriedade de Bill O'connell, quem seguiu o seu legado.

Stovall queria uma experiência fora deste mundo para os hóspedes que visitassem a Disneyland e construiu espaços com pequenos discos voadores, astronautas e planetas que decoravam os dos hotéis.

"Eu fui duas vezes ao restaurante quando passei por aqui, a comida é boa, mas na realidade o conceito espacial é o que atrai", comentou Marco Arreortua, um dos visitantes.

Por fora, a estrutura do restaurante ressurge entre a árida paisagem do deserto, onde se vê uma nave espacial sobre o teto do restaurante, com outros conceitos futuristas que se ressaltam entre as cores prata e azul marinho.

"Gosto do lugar pela decoração, pela história, pelo atendimento e porque pude comprar uma lembrança do espaço sideral. Nós nos divertimos com outras coisas, mas o meu pai me conta que para eles tudo do espaço foi parte de sua infância", comentou Carlos Enrique, de 12 anos, que visitou o restaurante pela primeira vez e comprou um chaveiro que mostra um astronauta.

Stovall morreu em 1973, mas seu legado continua. Embora as imagens autografadas originais tenham sido substituídas por outras fotografias e as paredes contem agora com murais pintados à mão em terceira dimensão, "os sonhos por trás de sua criação permanecem", como pode ser lido no cardápio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos